🇺🇸 AmarSemfim sailboat / 🇧🇷 veleiro amarsemfim

🇺🇸 Jeremiah 31:3 / 🇧🇷 Jeremias 31:3

Cruzeiro Costa Sul 2013 Ilhabela (SP) > Florianópolis (SC) – Trecho Santos > Cananéia

Deixe um comentário

Ficamos 3 dias em Santos!

Na quarta-feira (06/03) fomos ao cinema, no Shopping Figueiras – no Guarujá… No meio da tarde… Sei q já disse, mas foi numa quarta-feira, no meio da tarde rsrsrs
Assistimos uma animação com as crianças. Só nós 4 – Ric, João, Maria e eu. A sala era toda nossa (embora fosse bom simples e pequena), e foi divertido podermos escolher onde sentaríamos, e trocar de lugar no meio do filme rs

Fizemos compras, no mercado Pão de Açúcar, e nos molhamos ao sair de lá por causa da chuva q caía. Choveu todos os dias q estivemos lá. Mas não chovia o dia todo… o q já era de bom tamanho.

Uma noite antes de sairmos, quinta-feira (07/03), a flotilha reunida foi jantar em Santos, num restaurante japonês muito bom… e diferente. Um “diferente” bom!

Sexta-feira já era dia de nos prepararmos para o trecho mais longo que enfrentaríamos – aprox. 20 horas de viagem (o q acabou não sendo verdade, e mais tarde explico o porquê). Recebemos de volta meu cunhado Rodrigo Yoshima, q havia subido a SP e retornara para nos ajudar, mais uma vez.

Estávamos a caminho de Cananéia. Durante a viagem, abrimos e testamos o “spinnaker” junto com o Rô. Na realidade, acabamos chegando a Ilha do Bom Abrigo, primeiro. Onde ficamos e aguardamos os demais veleiros se juntarem e nos dirigimos finalmente a Cananéia (09/03/2013). De Cananéia,  já podíamos ser vistos ainda na Ilha do Bom Abrigo… Saímos em “fila indiana”… nós, mais a flotilha argentina… ao todo 14 veleiros. Lá, em Cananéia, fomos recebidos com fogos, e um almoço q tinha as ostras mais gostosas q já comi. Além disso, e o q tornou nossa chegada ainda mais gostosa, foi o fato de termos conseguido encontrar meu irmão Ruben, minha cunhada Cris, e minha sobrinha Aninha… além do pastor da igreja deles (Tarciso Carvalho e sua esposa Lucilma). Almoçamos em ótima companhia, conversamos sobre a viagem, sobre planos… levamos o pastor e a esposa ao nosso barco, para conhecerem nossa residência. Oramos juntos… cantamos! Um momento especial e inesquecível! Obrigada, amados!

Rodrigo foi embora antes mesmo do almoço. Precisava correr para não perder o ônibus q o levaria de volta a SP. Se não me engano, foi meu irmão quem o levou. Isso mesmo, Ruben, Cris e Aninha tinham ido até Cananéia para econtrarem-se com a gente. Com o pouco sinal que tinhamos pelo 3G, lá da Ilha do Bom Abrigo, tentamos contato (muitas vezes mais do que precário), com ele e minha cunhada. Lembro-me de ter sentido-me muito querida, pois eles esperaram… esperaram e esperaram… A travessia da Ilha do Bom Abrigo não é demorada, porém estávamos em muitos veleiros… pois estávamos nos juntando com o CDLA (Crucero de la Amistad) que vinha de mais ao norte do Brasil, embora fossem todos argentinos. Era um seguindo o outro… bem de pertinho pra não dar problema.  Precisavamos manter certa distancia um do outro, manter certa velocidade… td regulado… formal… mas necessário. Minha cunhada me disse que ficaram na praia vendo tudo, desde nossa saida da Ilha do Bom abrigo até nossa chegada. Disse ainda que estava lindo ver tudo aquilo de veleiro chegando em Cananeia… Vimos golfinhos na chegada… poucos, mas vimos. Enfim, com o Rodrigo fora, almoçamos somente nós mais a família do Ruben… e o Pastor da igreja que eles frequentam… o Pastor com a esposa. Foi um almoço especial. Depois fomos todos ao barco. Cantamos, oramos… foi lindo! Por fim, se foram… e aí sim ficamos só! Só nós 4 (Ric, Pipe, Mari e eu… e a Jolie, claro).
Fizemos compras mais uma vez… e pegamos chuva no caminho de volta… outra vez! Desta vez foi chuvão… trovoada e tudo. A Jolie estava junto e não gostou mto. Nos abrigamos num barzinho até a chuva passar. Voltamos pro barco.

Na manhã seguinte, algumas surpresas. Fomos chamados no rádio pelo comodoro da flotilha. Aconteceu q um velejador (do veleiro Jazz 4 – http://veleirojazz4.blogspot.com.br) teve problemas com seu veleiro ainda em Santos… e acabou não acompanhando a flotilha. Com mta vontade de participar, pegou um ônibus e nos alcançou em Cananéia. Porém, ainda precisava ver onde poderia se instalar e se havia algum veleiro q poderia tê-lo como tripulante!!! MARAVILHA!!! Foi uma companhia incrível. Além disso, dois veleiros se enroscaram em um outro… e havia cordas, cabos e nós para todos os lados. Ric foi ajudar e conseguiu soltá-los. Seguiríamos em breve pelo canal de Marujá (onde ficaríamos por uma noite).

 

ImageImage“Jolie”

ImageImageIlha do Bom Abrigo

ImageEncontro com a flotilha Argentina

ImageImageImageImageImage“Spinnaker”

ImageImageImageImageImage“Ilha do Bom Abrigo”

Image Sol nascendo qdo chegávamos na Ilha do Bom Abrigo

ImageImageImageImageSaindo da Ilha, a caminho de Cananéia, seguimos em fia indiana

ImageImage

Autor: helenayoshima

Tripulante da embarcação "Veleiro Amar Sem Fim"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s