🇺🇸 AmarSemfim sailboat / 🇧🇷 veleiro amarsemfim

🇺🇸 Jeremiah 31:3 / 🇧🇷 Jeremias 31:3

Argentina (Parte 2) – “Oi?? Como??”

2 Comentários

Pois é! Assim como há coisas que deixam marcas boas, também há coisas que não tem uma aparência assim “tão boa”… e que também deixam marcas. Apesar do lado ruim destas experiências, elas têm sempre algo de bom, sempre uma lição a se aprender, a se tirar dela… ou até mesmo a possibilidade de usá-la para ajudar a edificar a vida de alguém.

 

Apesar do período ruim (e também “durante” ele todo), Deus nos ensinou muitas coisas, nos corrigiu em outras, nos aproximou dEle, e um do outro (como família); nos permitiu aprender a esperar, a desenvolver a nossa fé, a sermos gratos independente das circunstâncias… e também nos permitiu compartilhar nossa história com muitos dos que estavam com a gente, nos acompanhando, de forma que eles também viessem a ser tocados pela Sua mão através das nossas vidas, como instrumento nas mãos dEle.

 

Como prometi, vou tentar ao máximo ser breve. Tivemos um problema com o governo argentino no começo do ano, mas fomos levados a crer pelas autoridades que nos contataram, que era algo simples de se resolver. Não sabíamos, no entanto, a gravidade que este problema nos apresentaria, alguns (poucos) meses mais tarde. Foi apenas no fim de março que nos deparamos cara a cara com o que parecia ser um pesadelo. Era aniversário da Maria Clara e nós tínhamos saído para comemorar. Aproveitando a saída e visita à Capital Federal, passaríamos para deixar uma certa documentação que teriam nos pedido. Ali, naquele momento, descobrimos as acusações que estavam sendo feitas contra nós, nossa família, nossa casa; e nos deparamos com ameaças de perdê-la, o pagamento de uma multa de um valor assustador, etc. No entanto, não foi até surgir a questão do $$ que conseguimos entender o caminho que a “coisa toda” estava tomando. Porque quando nos informaram que “aqui a gente pode resolver estas coisas de uma outra forma” ($$$), entendemos que a corrupção está realmente em todo lugar… onde quer que esteja o homem (e onde esteja o seu coração).

 

Mas… espera um minuto!!! Como??? É isso mesmo! Sem dar nomes aos bois, nem qualificar ações, explico apenas que optamos por não usar o dinheiro que Deus nos provê, desta maneira; e, desta forma, tomar o caminho mais estreito, mais comprido, mais espinhoso. Durante exatos 4 meses (a partir de quando nos demos conta das acusações – no dia do aniversário da Maria), passamos por momentos de tristeza, choque, questionamento… mas também por um momento de profundo crescimento e uma íntima convivência com nosso Criador, Redentor e Senhor! Neste período, visitamos os estabelecimentos do governo diversas vezes, consultamos um advogado (que nos apresentou alternativas ainda mais tortas e “perigosas”)… tivemos muita ajuda e recebemos muito carinho e amor, mas são poucos os que podem entender pelo quê passamos e a seriedade da situação toda. Deus, no entanto, nunca saiu do nosso lado… jamais nos abandonou. Sua presença se fez notar através dos amigos e irmãos enviados por Ele para nos amparar, nos ajudar em nossa fé, e nos fortalecer. Somos gratos a todos vocês, que foram, de uma maneira ou de outra, usados por Deus para nos abençoar. Gratos aos que nos levaram e nos buscaram, aos que olharam e ficaram com as crianças enquanto resolvíamos detalhe “x” ou “y”, aos que nos escutaram, que nos ofereceram seus ombros, que enxugaram nossas lágrimas, que nos suportaram em oração, que nos escreveram e nos mandaram mensagens, que nos visitaram, que nos entenderam e que nos abraçaram. Estamos certos e não temos dúvida alguma da mão de Deus no desenrolar de cada relação com estes servos do Altíssimo, verdadeiros anjos, irmãos e amigos.

 

Depois deste período negro, desta terrível tormenta que parecia durar uma eternidade, depois destes 4 meses sem postar na página do Amar Sem Fim no FB (ou mesmo no blog), posso, hoje, postar sem medo de de ser feliz. Temos conosco cópia autenticada da resolução final que nos permitiu sair livres da Argentina. Sem qualquer mácula, qualquer acusação. Que toda glória seja dada ao Rei dos Reis.

 

E, à pessoa que tornou tudo mais difícil para nós, saiba que até você foi serva do Altíssimo… e foi usada por Ele para o Seu propósito! Usada para moldar nossas vidas como se fossemos vasos nas mãos do Oleiro. Saiba que orei muito por sua vida, e o quanto pedi que Ele tocasse seu coração com Seu amor. Mas também confesso que, nos momentos mais escuros, pedi que Sua mão pesasse sobre sua vida e clamei por justiça divina. Então, à você: Obrigada! Porque até você foi usada para nos abençoar, como serva do Altíssimo, e para engrandecer o Seu poderoso nome.

 

Que nossa fé nunca mais se cale…
Que nossa história edifique…
Que Seu amor sempre se propague…

 

Amar Sem Fim is back!!!! And we’re in full power!!! 🙂

Autor: helenayoshima

Tripulante da embarcação "Veleiro Amar Sem Fim"

2 pensamentos sobre “Argentina (Parte 2) – “Oi?? Como??”

  1. Paz y Bendiciones. Siempre Él esta con ustedes. Los amamos.

  2. Gloria a Dios, Ricardo!! Que Dios los siga acompañando, los queremos mucho!
    Robert

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s