🇺🇸 AmarSemfim sailboat / 🇧🇷 veleiro amarsemfim

🇺🇸 Jeremiah 31:3 / 🇧🇷 Jeremias 31:3

Arraial do Cabo / Cabo Frio / Buzios

Deixe um comentário

A partida do Rio foi emocionante… passamos 2,5 meses na cidade maravilhosa e deixá-la (e tudo que vivemos lá e todos que encontramos, reencontramos e conhecemos também) foi doloroso. Mas estávamos, ao mesmo tempo, empolgados com a perspectiva de viver novas aventuras, encontrar amigos e conhecer novas pessoas…

A empolgação era grande e partimos cedinho de lá… em direção ao Boqueirão (na região de Cabo Frio e Arraial do Cabo).

A viagem foi inteira no motor. Não havia ventos! Pouco menos de 12 horas de viagem. O mar estava completamente sem ondas. Parecia uma lagoa. Vimos golfinhos no caminho. Ficaram um bom tempo com a gente e pedi ao Ric que os filmasse ou tirasse fotos, enquanto observávamos o passeio deles em torno do veleiro. Triste foi a nossa surpresa quando vimos que nada tinha sido filmado. Ric não conseguiu acertar o foco e as imagens do mar, sem ondas, ficaram registradas, e nada mais.. nada além delas… nada de golfinhos! 😦

Conforme foi terminando o dia, de repente, baixou uma forte névoa. Em alguns momentos, cheguei a me preocupar porque a visibilidade era muito reduzida e a entrada pelo boqueirão era estreita. Sim, o mar estava calmo e não havia ventos… mas mesmo assim… Finalizamos a viagem apenas por instrumentos, uma vez que o anoitecer e a névoa nos impediam de enxergar direito.

Pela carta náutica, achamos uma boa localização para ancorar e, por volta das 18:30, já tínhamos ancorado e desligado todos os equipamentos… Banho quente (uma vez que o motor aqueceu a água do banho) e cama.

Ancoramos pertinho de uma base da Marinha. Tomamos café e curtimos bastante o mar, mergulhando, pescando etc

Foram poucos dias na região. Acho que nem sequer uma semana inteira. Mas foi o suficiente para nos apaixonarmos pelas águas de Arraial do Cabo, Cabo Frio e Búzios, para revermos amigos queridos, para matar a vontade de mergulhar no mar – uma vez que na Baia de Guanabara o mergulho era simplesmente impraticável… (fotos da Baia de Guanabara, mais abaixo).

Logo já nos preparamos para sair em direção a Abrolhos. Aí sim, seriam mais dias de viagem. Mas olhando bem a previsão, passaríamos por ventos suaves e constantes que nos levariam ao nosso destino em pouco mais do que 2 dias… Mas não foi bem assim.

Achar que não precisávamos de combustível e abastecer o barco apenas com água foi o maior erro que já cometemos…

Logo mais vem post da viagem até Abrolhos e a parada em Caravelas.

AmarSemFim /)/)

Autor: helenayoshima

Tripulante da embarcação "Veleiro Amar Sem Fim"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s